Economize até 40% com o Mercado Livre de Energia

Riscos e Desvantagens do Mercado Livre de Energia

As questões mais levantadas por consumidores que pretendem migrar ao Mercado Livre de Energia são sobre os riscos e desvantagens deste mercado.

A principal dúvida é:

Há risco de minha empresa ficar sem energia elétrica no Mercado Livre?

A resposta é simples: NÃO!

O fornecimento de energia é garantido pela concessionária, assim como no Mercado Cativo. Ou seja, não há risco de ficar sem o fornecimento de energia elétrica, exceto caso haja um apagão ou racionamento de energia, como ocorreu em 2001. Nesta situação sua empresa será afetada da mesma maneira no Mercado Livre como no Mercado Cativo, isto porque o fornecimento de energia independe do ambiente de contratação do cliente.

Os contratos de energia firmados entre consumidores e comercializadores/geradores garantem que os fornecedores registrem o montante contratado junto à CCEE para os consumidores, mediante o pagamento do consumo mensal.

Como o sistema elétrico brasileiro é interligado, o gerador deve se comprometer em gerar aquilo que vendeu, independente de entregar a energia “fisicamente” no ponto de consumo ou distante do mesmo.

Deste modo, a energia elétrica entregue “fisicamente” ao consumidor continua sendo a mesma, tanto no Mercado Cativo quanto no Mercado Livre.

Afinal, há algum risco ou desvantagem do Mercado Livre de Energia?

A diferença essencial entre o Mercado Livre e Cativo é que você pode negociar livremente fornecedor, período, quantidade e preço da energia contratada. Enquanto no cativo você fica atrelado as tarifas de energia reguladas pelo governo, no Mercado Livre você pode efetuar vários contratos, com diversos fornecedores, sendo a responsabilidade do consumidor contratar tudo que consumiu de energia em determinado mês.

Não havendo uma gestão especializada e adequada, o consumidor pode contratar mais ou menos energia do que foi utilizado causando penalidades e gastos desnecessários, ou ainda deixar para contratar energia na última hora, pagando então preços mais elevados que o Mercado Cativo.

Entretanto, com conhecimento do funcionamento deste mercado de energia, alinhado com a visão e expectativas do consumidor, estes riscos são eliminados.

No demais, os riscos são os mesmos do Mercado Cativo.

Caso não pague seus débitos à concessionária, comercializador ou CCEE a empresa será punida com multas e até desligamento do Mercado Livre. Isto acontece igualmente no Mercado Cativo quando não é realizado o pagamento da fatura da concessionária local.

Neste ponto do texto você já deve estar se perguntando:

Se os riscos são pequenos, porque nem todas as empresas entram para o Mercado Livre de Energia?

Além dos requisitos mínimos exigidos pela lei, que explicamos em nosso Infográfico: Requisitos para Migrar ao Mercado Livre, grande parte das empresas não migram pelo desconhecimento de como funciona o mercado!

Esta é uma das desvantagens do Mercado Livre de Energia: a maior complexidade.

É importante o consumidor entender este mercado e tirar suas dúvidas para que migre ao Mercado Livre confiante da economia que este pode trazer a sua empresa.

É por isto que uma consultoria especializada é importante antes, durante e pós-migração. Para orientar o cliente de todas as possibilidades e próximos passos que deve tomar para obter o melhor resultado possível.

Para saber mais sobre o Mercado Livre,  leia nossos artigos:

Como comprar energia no Mercado Livre

Obrigações do consumidor no Mercado Livre de Energia

Ficou com alguma dúvida?

Estamos sempre à disposição para quaisquer esclarecimentos sobre energia.

ENTRE EM CONTATO CONOSCO!

[cta id=’248′]